A Fundação Getulio Vargas se destaca também na área da cultura ao incentivar a pesquisa e difusão no campo das artes e cultura. Coordenado por Silvia Finguerut, com direção editorial de Paulo Herkenhoff, o livro móvel brasileiro moderno traça um panorama sobre a história recente do design de móveis no Brasil, dos anos 1920 aos anos 1960.

O livro traz imagens de verdadeiras obras de arte traduzidas em mobiliário, idealizados por artistas e designers como Gregori Warchavchik, Lucio Costa, Oscar Niemeyer, Abraham Palatnik, entre outros. Entre as peças selecionadas, algumas foram fotografadas pela primeira vez.

Veja também: